Sindicato dos Arquitetos e Urbanistas
no Estado do Rio de Janeiro

 

Cursos

A História dos Espaços

Data: de 11/05/2019 até 18/05/2019
Local: Avenida Venezuela, 131 -Centro, Rio de Janeiro - RJ

 

PAULO ROBERTO BRANDÃO FONSÊCA é arquiteto formado pelas Faculdades Integradas Bennett – RJ - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo em 1984. É Mestre, formado pelo Núcleo PROARQ – UFRJ (março/ 2000)  Área de Teoria e Projeto com o estudo: “Os Reflexos Sociais , Arquitetônicos e Urbanos na área Central da Cidade  a partir do Estudo da Evolução da Av. Presidente Vargas ” (Orientador : Prof. Doutor Luiz Manoel Cavalcanti Gazzaneo) 

Fez parte do grupo selecionado entre mestrandos do Curso PROARQ – UFRJ (1998) - onde desenvolveu junto a fundação BAUHAUS KOLLEGE em DESSAU, ALEMANHA, Projeto para seis áreas de Revitalização Urbana em Bitterfeld / Wolfen. O programa desenvolvido, incluiu o aproveitamento e análise dos Centros Históricos da Alemanha e também de várias cidades circunvizinhas, conceitos de revitalização e aproveitamento de acordo com o Desenvolvimento Sustentável.

Foi Diretor Cultural do Instituto de Arquitetos do Brasil Biênio 96 – 97.

Coordenação e Montagem da exposição “Cerdá - Urbis i Territori” Secretaria Municipal de obras Públicas da Catalunha – Barcelona -Consulado Geral de Espanha – Instituto de Arquitetos do Brasil - IAB/RJ. A exposição inclui todo o histórico da Cidade de Barcelona e de seu urbanismo até os dias de hoje.

Coordenação do Seminário “Encontro com Oscar Niemeyer ” como Diretor Cultural do Instituto de Arquitetos do Brasil /RJ. Seminário Nacinal, que reuniu os arquitetos: Oscar Niemeyer, Sérgio Bernardes, Ítalo Campofiorito,João Filgueiras Lima - Lélé, Paulo Mendes da Rocha , José Carlos Sussekind , Ferreira Gullar e Zuenir Ventura. Seminário organizado juntamente com Oscar Niemeyer a Fundação Oscar Niemeyer.
Participou da publicação da Revista Acervo do Arquivo Nacional ,sobre Cidades, com o artigo: “Cidade Coração” (2003) Onde analisa Toda a Evolução Histórica do Centro da Cidade do Rio de Janeiro e o seu processo de deteriorização . Juntamente com Emerson Giumbelli, Marcelo Gruman, Ricardo Oliveira de freitas, Ana Paola Baptista, Vivien Ishaq, Céli cristina Tavares, Cláudia Beatriz Heynemann e Rogério Dardeau.
Ministrou o Curso em 2017 na Pontíficia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC RIO, no curso “PRINCÍPIOS E PRÁTICAS DO PROJETO DE RESTAURAÇÃO DO PATRMONIO CULTURAL”, como professor convidado, juntamente com a Professora Cristina Lodi ( Iphan/Patrimonio e com o  Professor Fernando Mello Prof. PUC e Arq. Patrimonio).

 

CONTEÚDO
Estudo dos modelos dos Espaços Arquitetônicos desde a Grécia até os dias de hoje.
O curso procura mostrar a inspiração formal, conceitual e humana, que entra na representação e composição dos espaços. Além da análise, formal científica, geométrica e conceitual dos espaços.

O curso,  também mergulha nos espaços da cidades conforme os aspectos humanos e culturais, mostrando o seu funcionamento, a sua relação existencial e temporal, e com os fatos  históricos ,econômicos,arquitetônicos , urbanos e culturais.

Análise dos espaços:
Espaço Lugar – O Espaço Aristotélico
As Cidades Estados – “O Quattrocento”
O Espaço Renascentista  - A Perspectiva.
O Espaço Euclidiano.
O Espaço Cartesiano.
O Espaço segundo Merleau Ponty
O Espaço segundo Galileu .
O Espaço Newtoniano.
O Espaço Kantiano.
O Espaço Eisnteiniano. 
O Espaço segundo Heidgger.

E  paralelamente...

A origem do espaço na Grécia.
A expansão do Império Helênico. 
As Cidades Estados.
As cidades do Oriente.
As cidades Medievais - O Quattrocento.
O período Gótico.
A Renascença. ( A perspectiva, o alinhamento)
Circulação e respiração.
As transformações urbanas.
As Megalópolis e o espaço da indiferença.
Diferença e indiferença.
Centro e Periferia.
A comunicação e os espaços. Os espaços e a cidade.
Análise dos espaços na Cidade do Rio de Janeiro.
Á partir do início das transformações do início do séc XX.
Análise no Mapa da cidade das intervenções espaciais.

 

OBJETIVO DO CURSO
Entender as leis de cada espaço para poder recuperá-los, renová-los ou modificá-los dentro de um processo de harmonia e adequação com a contemporaneidade.

 

FACEBOOK

https://www.facebook.com/events/2312573438988979/?acontext=%7B%22action_history%22%3A[%7B%22surface%22%3A%22published_events_tab%22%2C%22mechanism%22%3A%22publishing_tools%22%7D]%7D

 
SARJ - Sindicato dos Arquitetos e Urbanistas no Estado do Rio de Janeiro - CNPJ 34.262.469/0001-10
Avenida Venezuela, 131  -  Salas 811 a 815  -  Saúde  -  Cep: 20081-311  -  Rio de Janeiro / RJ
Fone: (21) 2240-1181    •    E-mail: diretoria2018@sarj.org.br